Arquivo do mês: dezembro 2012

Fragile Childhood | Monsters

Fragile Childhood | Monsters

No comercial da ONG Fragile Childhood, mostra na visão das crianças como ficam os adultos quando bebem.

Achei o comercial bacana e de certa forma impactante, talvez não para os adultos que costumam beber, mas para as pessoas de fora a perspectiva do comercial fica legal. A criação é da Euro RSCG, da Finlândia.

Fonte:http://www.galoclandestino.com.br

Categorias: Publicidade e propaganda/Marketing | Tags: , , | Deixe um comentário

Windows 8 surpreende os curiosos na rua

Windows 8 surpreende os curiosos na rua

O Windows 8, novo sistema operacional da Microsoft, funciona com quadrados que dão acesso ao conteúdo, assim como janelas. Com essa ideia, a McCann Oslo, na Noruega, promoveu uma ação para divulgar o Windows 8 com uma dessas janelas instalada no chão em frente à uma fachada falsa de um bar, onde aparentemente ocorre um show.

Alguns curiosos passam e percebem o evento, mas nem todos se interessam pela janela colocada no chão, quando os primeiros se interessam surge a surpresa, a fachada falsa cai e o curioso ganha um show ao vivo da manda Datarock.

Fonte:http://www.galoclandestino.com.br

Categorias: Publicidade e propaganda/Marketing | Tags: , , , | Deixe um comentário

(O Motorista Escolhido)

Uma campanha bem legal da Chevrolet Equador para incentivar a direção responsável, fazendo com que as pessoas se cadastrem no site e solicitem a sua carteirinha de “Conductor elegido” e então sejam os responsáveis para levar os amigos que gostam de tomar algumas na balada de forma segura.

O bacana da ação é que além de ser uma ação para a redução de acidentes no trânsito causados pela ingestão do álcool, a Chevrolet fez uma parceria com o departamento de trânsito e polícia do país, por exemplo, facilidades no momento da renovação da carteira, tratamento especial em blitz policiais, etc… Uma parceria legal que poderia muito bem ser reproduzida por aqui.

Fonte:http://midiaticos.blogspot.com.br/

Categorias: Publicidade e propaganda/Marketing | Tags: , , , | Deixe um comentário

HP Invent

Em resposta a um convite da Hewlett Packard para que usuários fizessem comerciais, dois estudantes da Universidade de Kingston, em Londres, fizeram um longo processo de impressão sincronizado utilizando impressoras HP. A intenção era mostrar que por mais que as impressoras sejam rápidas, elas são previsíveis e portanto foi possível criar um “musical”.

 Dois estudantes, Matt Robinson e Tom Wrigglesworth criaram um comercial de publicidade a nível profissional, que é artisticamente e conceitualmente impressionante. Este trabalho ganhou o segundo lugar na categoria “Open Brief” do anuário D & AD’s Student Awards.

É antigo mas é muito legal!

Fonte:http://midiaticos.blogspot.com.br

Categorias: Publicidade e propaganda/Marketing | Tags: , , , | Deixe um comentário

Top 5 comerciais de vídeo game

Há muitas décadas o vídeo game enche os olhos das pessoas. Muitos consoles estão esquecidos no baú, mas marcou a infância de muitos adultos e a geração de hoje tem à disposição games cada vez mais complexos e interativos. Os comerciais a seguir foram selecionados para lembrar alguns clássicos e pontuar as melhores campanhas do gênero que formam feitas recentemente. Divirta-se.

Playstation sempre entrega campanhas sem sentido ao redor do mundo, mas Mountain foi marcante e ganhou muitos prêmios

Atari formou o caráter de muita gente que hoje está chegando aos 30 anos e eu estou incluso nesse time. No mundo politicamente correto que estamos vivendo, este comercial de 1984 certamente seria enviado ao CONAR por utilizar duplo sentido no roteiro.

Top 5 comerciais de vídeo game

Há muitas décadas o vídeo game enche os olhos das pessoas. Muitos consoles estão esquecidos no baú, mas marcou a infância de muitos adultos e a geração de hoje tem à disposição games cada vez mais complexos e interativos. Os comerciais a seguir foram selecionados para lembrar alguns clássicos e pontuar as melhores campanhas do gênero que formam feitas recentemente. Divirta-se.

Playstation sempre entrega campanhas sem sentido ao redor do mundo, mas Mountain foi marcante e ganhou muitos prêmios

Atari formou o caráter de muita gente que hoje está chegando aos 30 anos e eu estou incluso nesse time. No mundo politicamente correto que estamos vivendo, este comercial de 1984 certamente seria enviado ao CONAR por utilizar duplo sentido no roteiro.

Faz tempo que japoneses são especialistas em criar comerciais esquisitos para o resto do mundo. Nos anos 80, eles colocaram Mário e Link (personagem de Zelda) com hematomas e pai e filha gritando enquanto faz caretas para divulgar as qualidades do Super Nintendo (assim espero).

 
——————————————————————————–
Top 5 comerciais de vídeo game
Há muitas décadas o vídeo game enche os olhos das pessoas. Muitos consoles estão esquecidos no baú, mas marcou a infância de muitos adultos e a geração de hoje tem à disposição games cada vez mais complexos e interativos. Os comerciais a seguir foram selecionados para lembrar alguns clássicos e pontuar as melhores campanhas do gênero que formam feitas recentemente. Divirta-se.

Playstation sempre entrega campanhas sem sentido ao redor do mundo, mas Mountain foi marcante e ganhou muitos prêmios

O Atari formou o caráter de muita gente que hoje está chegando aos 30 anos e eu estou incluso nesse time. No mundo politicamente correto que estamos vivendo, este comercial de 1984 certamente seria enviado ao CONAR por utilizar duplo sentido no roteiro.

Faz tempo que japoneses são especialistas em criar comerciais esquisitos para o resto do mundo. Nos anos 80, eles colocaram Mário e Link (personagem de Zelda) com hematomas e pai e filha gritando enquanto faz caretas para divulgar as qualidades do Super Nintendo (assim espero).

Gosto muito deste comercial da XBOX, que reza a lenda foi banido por conter cenas fortes, estimular a violência e outros argumentos de quem não jogou Doom, Duke Nukem e outros games de tiro na adolescência. A ideia atinge perfeitamente o público-alvo do console.

Voltando ao Playstation, a companhia reuniu os protagonistas dos maiores games do ano passado para fazer depoimentos sobre o verdadeiro herói do PS3.

Categorias: Publicidade e propaganda/Marketing | Tags: , , , | Deixe um comentário

Campanha de fim de ano do estúdio Taylor James cria Cinemagraph do inverno de Londres

O estúdio londrino Taylor James prepara todo fim de ano uma campanha de boas festas. Desta vez, os criativos usaram Cinemagraphs, fotos com movimento, convidando a todos para uma completa imersão no inverno de Londres.

Totalmente produzido em seu estúdio, contando com live-action, fotografia e CGI, a campanha integra os meios impresso, interativo e digital. O making of abaixo conta melhor esse processo:

Em seu site, o Diretor de Criação Ed Taylor descreve o conceito criado para este trabalho como urban angel, ilustrado através de uma mulher angelical voltando para casa após uma noite de festas de fim de ano, com a beleza da neve caindo enquanto pedala pelas ruas de Shoreditch.

Abaixo, o processo criativo. O resultado pode ser conferido no site do estúdio.

taylorjames03taylorjames02taylorjames01taylorjames04
Categorias: Publicidade e propaganda/Marketing | Tags: , , | Deixe um comentário

Michael Jordan que não é o Michael Jordan

A ESPN gringa criou um dos comerciais mais engraçados do ano, além de veicular o material usando o nome do lendário jogador de basquete sem precisar pagar um cachê milionário para o astro. Como? Muito simples.

ESPN

Para reforçar o conceito “não é loucura, é esporte”, o comercial segue a vida de um simples homem que foi batizado com o mesmo nome do ex-atleta e como ele vai causando frustração nas pessoas que esperam encontrar o Jordan mais famoso.

 

Fonte: http://blogcitario.blog.br

Categorias: Publicidade e propaganda/Marketing | Tags: , , , | Deixe um comentário

A FORMA DOS ESPÍRITOS…

Os Espíritos têm forma determinada, limitada e constante?

“Para vós, não; para nós, sim. O Espírito é se quiserdes uma chama, um clarão, ou uma centelha etérea.”

– Essa chama ou centelha tem cor?

“Tem uma coloração que, para vós, vai do colorido escuro e opaco a uma cor brilhante, qual a do rubi, conforme o Espírito é mais ou menos puro.”

Representam-se de ordinário os gênios com uma chama ou estrela na fronte. É uma alegoria, que lembra a natureza essencial dos Espíritos. Colocam-na no alto da cabeça, porque aí está a sede da inteligência.

– Os Espíritos gastam algum tempo para percorrer o espaço?

“Sim, mas fazem-no com a rapidez do pensamento.”

 – O pensamento não é a própria alma que se transporta?

“Quando o pensamento está em alguma parte, a alma também aí está, pois que é a alma quem pensa. O pensamento é um atributo.”

– O Espírito que se transporta de um lugar a outro tem consciência da distância que percorre e dos espaços que atravessa, ou é subitamente transportado ao lugar onde quer ir?

“Dá-se uma e outra coisa. O Espírito pode perfeitamente, se o quiser, inteirar-se da distância que percorre, mas também essa distância pode desaparecer completamente, dependendo isso da sua vontade, bem como da sua natureza mais ou menos depurada.”

– A matéria opõe obstáculo ao Espírito?

“Nenhum; eles passam através de tudo. O ar, a terra, as águas e até mesmo o fogo lhes são igualmente acessíveis.”

– Têm os Espíritos o dom da ubiqüidade? Por outras palavras: um Espírito pode dividir-se, ou existir em muitos pontos ao mesmo tempo?

“Não pode haver divisão de um mesmo Espírito; mas, cada um é um centro que irradia para diversos lados. Isso é que faz parecer estar um Espírito em muitos lugares ao mesmo tempo. Vês o Sol? É um somente. No entanto, irradia em todos os sentidos e leva muito longe os seus raios. Contudo, não se divide.”

 – Todos os Espíritos irradiam com igual força?

“Longe disso. Essa força depende do grau de pureza de cada um.”

Cada Espírito é uma unidade indivisível, mas cada um pode lançar seus pensamentos para diversos lados, sem que se fracione para tal efeito. Nesse sentido unicamente é que se deve entender o dom da ubiqüidade atribuído aos Espíritos. Dá-se com eles o que se dá com uma centelha, que projeta longe a sua claridade e pode ser percebida de todos os pontos do horizonte; ou, ainda, o que se dá com um homem que, sem mudar de lugar e sem se fracionar, transmite ordens, sinais e movimento a diferentes pontos.

Categorias: Diversos | Tags: , , , | Deixe um comentário

TEXTO:REFLEXÕES,COM DIVALDO FRANCO

Toda vez que há o nascimento de um filho deficiente,há, evidentemente;um relacionamento entre os genitores e o espírito que se está reencarnando.Muitas vezes,esse filho-problema é a luz que vai clarear os horizontes profundos das almas aturdidas. O ser que chega desventurado, essas aves fanadas(murchas,secas)que tiveram as suas asas partidas e procuram em nosso carinho encontrar o refúgio;são elas as nossas asas para a elevação. Sucede que há o inter-relacionamento espiritual de outras vidas entre aqueles que trazemos hoje uma compreensão saudável e recebemos filhos deficientes para o nosso processo de reabilitação.
Quase sempre,esses que nos chegam feridos em profundidade, são antigos equivocados que se atiraram aos abismos do suicídio. Perguntar-se-á “E, porque os pais devem sofrer com eles?. Alguns que têm problemas neurológicos profundos, que têm distonias psiquiátricas que lhes anulam a capacidade de discernir, os portadores de “Síndrome de Down” e de outras degenerescências. Por que os pais devem sofrer?. Naturalmente,muitas das injunções dolorosas da vida não resultam apenas daquele que se permite a delinquencia. Há,invariavelmente, outro que contribui de uma maneira intelectual para o fato. Quantos de nós temos sido voluntariamente,ou não, responsáveis,diretos ou indiretos,por determinados insucessos.
Quantas vezes, pela nossa obstinação,impedimos determinada realização que o outro,que dependia de nós, não tendo resistências morais, enlouqueceu e atirou-se nos desfiladeiros da amargura, do suicídio, da agressividade injustificada do crime.
Somos responsáveis indiretos e porquê temos a consciência de culpa, resolvemos recebê-los nos braços para lhes oferecer o amor que nos faltou dar,para completar a ternura que nós não soubemos distribuir e abrir-lhes os braços à oportunidade da evolução. Todo filho macerado que chega ao nosso carinho é dádiva de Deus.
Saber receber o ser amargurado,ceifado e dar-lhe a oportunidade de viver constitui-nos na atual reencarnação uma das maiores bênçãos, porque o próprio Jesus houvera dito que melhor seria amputássemos o dedo portador de delíquio(desfalecimento), de crime, de delinqüência, de escândalo do que termo-los e entramos na vida e,mais tarde, amputá-lo pela lei da reencarnação.

Categorias: Espíritas | Tags: , , , | Deixe um comentário

ESTUDO SOBRE O UMBRAL:OS SAMARITANOS

 

Os samaritanos, que também são chamados de missionários, socorristas e emissários, são trabalhadores dos postos de socorro que saem em caravanas pelo Umbral e pela crosta do Planeta Terra à procura de pessoas e socorrem os que pedem auxílio.

Se vestem com capas e gorros de cor bege ou marrom-claro e botas altas. Desta forma peregrinam pelo Umbral sem serem percebidos. Muitas vezes são invisíveis aos sentidos de espíritos de baixa vibração.

Existem relatos onde os samaritanos contam com a ajuda de cavalos para percorrer distâncias maiores e cães que são utilizados como proteção. Outros relatos falam sobre a existência de veículos especiais chamados de Aeróbus.(Veículo espacial,usado pelos espíritos das colônias)

Raras são as excursões em que não ocorrem ataques aos samaritanos. São atacados por espíritos maldosos que podem se transfigurar em criaturas horrendas com o intuito de intimidar e amedrontar as caravanas. Os que atacam jogam pedras, paus, lama, matéria podre e alguns chegam a construir armas que não fazem qualquer efeito aos samaritanos. Para defesa utiliza-se ainda redes de proteção e armas que emitem eletricidade. Ao serem atingidos por este tipo de raio o espírito entra em um processo semelhante ao da morte, pois lhe faz relembrar todo sofrimento que passou em sua mais recente desencarnação. Com medo, muitos espíritos só tentam intimidar, e muitas vezes se afastam em desespero.

Existem situações em que os Samaritanos precisam resgatar pessoas dentro das populosas cidades do Umbral. A forma como fazem isto depende do tipo de cidade. Existem casos em que pedem autorização aos lideres da região. Em outros a pessoa a ser resgatada não é de interesse dos moradores da cidade e neste caso não existe problema algum em entrar e levar estas pessoas. Existem ainda situações em que precisam utilizar disfarces ou entrarem sem serem vistos pelos habitantes do local. Em situações de perigo podem mudar de vibração, se tornando invisíveis. Desta forma não podem ser capturados pelos espíritos trevosos do Umbral. Muitos habitantes do Umbral sabem quem são e o que podem fazer e mantêm um ar de respeito quando estão presentes.

Ao resgatarem algumas dezenas de espíritos, os samaritanos retornam ao seu posto de socorro. São verdadeiros farrapos humanos, alguns seminus, outros com suas roupas em trapos e o corpo imundo e ferido. No posto os espíritos são tratados e orientados. O tratamento pode levar alguns dias ou alguns meses. Continuam livres e podem optar por retornar ao Umbral ou seguir para uma Colônia, onde terminarão seu tratamento e passarão a frequentar aulas e cursos para que se informem sobre sua atual situação após a morte.

Um espírito só pode ser ajudado pelos samaritanos quando deseja com sinceridade ser ajudado. Não se pode ajudar ninguém à força. Não se perde tempo resgatando espíritos revoltados, pois se não querem mudar, não poderão mudar à força. Sua revolta ainda poderá atrapalhar os trabalhos e a recuperação de outros espíritos dentro dos postos e hospitais.

Existem casos em que os espíritos se encontram em níveis tão baixos de vibração que não conseguem ver e se comunicar com os samaritanos. Desta forma não podem ser ajudados.

Relatos mostram que em determinados casos os samaritanos podem convencer o espírito a ter vontade de melhorar, de ser socorrido e ajudado. É possível mostrar a estes espíritos imagens das colônias e da felicidade e paz que poderá ter. Este trabalho de convencimento pode passar pelo uso da força. É o caso de fazer o espírito se recordar do sofrimento, dor e angústia que passou no passado, fazendo o mesmo desejar sair daquela situação.

São muitos os espíritos que, mesmo em estado deplorável no Umbral, preferem continuar na vida em que estão. Isto não é muito diferente do que existem aqui na Terra. Uma parcela dos moradores de rua, mendigos, idosos e crianças continuam nas ruas por opção. Não suportam os abrigos, a limpeza, a organização, a necessidade de obedecer a alguém. Preferem viver livres de qualquer lei, norma, organização, junto da miséria. Infelizmente só se pode ajudar alguém quando este alguém quer realmente ser ajudado.

fonte:

Categorias: Espíritas | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.