Limite (ou a falta dele) nas campanhas pelo mundo

Limite (ou a falta dele), aliás, é uma palavra que vem bem a calhar nesse exemplo da ONG britânica Think!. Eles tem o histórico de chocar em suas campanhas, mas dessa vez o choque pode ser fatal.
Uma ação para falar dos perigos de beber e dirigir utiliza uma ideia brutal no banheiro de um pub. É uma variação hardcore dessa outra realizada pela MINI. A única pergunta é: E se fosse com você?
Criação da Leo Burnett, que redefiniu o significado de “propaganda impactante”.

Fonte:http://www.brainstorm9.com.br

Anúncios
Categorias: Publicidade e propaganda/Marketing | Tags: , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.