Posts Marcados Com: deus

Microcefalia na Visão Espírita

https://www.youtube.com/channel/UCFLYTtK1PGwJ7MIrwFp8cCQ

 

Categorias: Diversos, Espíritas | Tags: , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O que te imprime?

prece

– O que te imprime em cada coisa que tocas é o comprometimento
O que te evidencia perante a uma multidão é a segurança de quem tem domínio e entrega no que faz.
O que te dá a liderança não é ordem, mas tato.
O que te da poder não é nobreza em título, mas nobreza de ser.
O que faz com que as pessoa te confiem, não é palavra, mas cumprimento.
O que nos torna um rosto a ser visto, é humildade, entender que somos parte de um inteiro em que todas as peças tem o mesmo tamanho,
O que te da o poder de transformar é ouvir.
O que te torna promotor de mudanças, não é mudar a visão de quem quer seja, mas possibilitar escolhas.
E no fim o que te transforma, o que te molda, o que te resume, o que te assume. Tem de ser o melhor da tua própria natureza.
– Henry Dean S. Reche –

Categorias: Autor Henry D. S. Reche | Tags: , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

– E se eu lhe perguntasse, qual o teu pecado?

11eec-foto_pegadas_na_areia

 

… Então eu te diria que o meu pecado foi esperar errado.

Há uma forma certa de esperar, essa se dá quando sonhamos algo e agimos pra alcançar, mas por certo momento é preciso que nos reservemos por um instante e deixemos que nosso desejo e nossa ação aja em conjunto com a vida.

Mas eu não aprendi assim.
Eu fui ruim comigo mesmo,
Esperava, conjugando o verbo de maneira a não compreender de certo seu sentido.

Meu esperar a vida toda foi deixar… deixar a chance passar,
De julgar algo complicado demais, e enganar a mim mesmo achando que a vida teria a obrigação de ajeitar tudo.
Como se fosse mãe que recolhe e organiza os brinquedos do filho.
Então deixava… observava passar aquilo que eu tanto queria ter em minhas mãos,
Deixava passar o sonho de ser quem eu queria pra mim, deixei ir embora importantes partes da vida que eu sem saber, sonhava pra mim.

Eu era um mau telespectador, da minha própria trajetória.

Eu pequei por não saber esperar…


– E como se curou?


Eu sonhei mais, mas cansei de esperar, cansei de sentar, de não ser quem eu queria, de não dançar as conquistas e de não brindar o calor da emoção.

Então eu agi, muitas vezes com medo, receio e inseguro do que fazia, mas fiz assim mesmo.
Fiz mesmo sem saber se era certo fazer.

Aprendi a não sonhar somente com o coração, mas também com minhas escolhas e decisões.
Decidi por mim, por me achar, por me construir, por me conquistar.

 

E o senhor conseguiu?

 

Bem meu filho, se consegui ou não, não saberia te dizer, afinal ainda estou aqui.
Mas sei que agora eu sou quem sonho ser, continuo esperançando e me agarro a isso com todas as forças que eu ainda tenho,

Decido muitas vezes tendo como único conselheiro meu desejo.
E isso me faz sentir, me faz sorrir lá na alma…

Henry Dean S. Reche

“A vontade de Deus nunca te levará aonde sua graça não te proteja”.

Categorias: Autor Henry D. S. Reche, Diversos | Tags: , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vibração Energética do Espirito!

Vídeo novo no canal!

Categorias: Espíritas | Tags: , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vídeo novo no canal Espiritualizando!

Categorias: Espíritas | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Novo vídeo no canal Espiritualizando!

Categorias: Espíritas | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vídeo novo na canal Espiritualizando!

Inscreva-se: https://www.youtube.com/channel/UCFLYTtK1PGwJ7MIrwFp8cCQ

Categorias: Diversos | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O Discípulo

mongetibet

” Uma vez o discípulo chegou a seu mestre dizendo-lhe que já havia sobre a vida tudo aprendido e que mesmo em sua preparação queria sorver lhe mais os conhecimentos.
O mestre vendo a inconsciente pretensão e a falta de lucidez de seu discípulo.
Ordenou-lhe que tivesse com Deus, e lhe fizesse o mesmo pedido.
Ávido por obter mais conhecimentos fez o que seu mestre havia dito.
Deus então lhe disse que o maior conhecimento não vem de reconhecer-se como mestre, mas sim em conhecer-se como eterno aprendiz.
Perguntou-lhe se achava preparado para o maior dos saberes.
O aprendiz prontamente lhe afirmou estar.
Deus então lhe disse;
-Eis o maior saber de todos. Tudo o que conheces não é verdade!
Os aspectos da vida que supunha dominar são falsos, a razão que lhe fala na cabeça não existe e o conhecimento que julga ter não serve de nada.
O aprendiz sem entender o que se passava, pegou-se desesperado quando as palavras do Senhor lhe acertaram em cheio.
– Mas como? Eu sei tudo quanto sabe meu mestre, conheço as dores da vida, respeito aos meus iguais e minha maior missão tem sido fazer a vida algo possível.
Mas não houve resposta.
Sentindo-se enganado e preterido por tudo o que já lutou, desistiu de sua jornada. Passou a humildemente observar a vida, a querê-la para si, e a se apaixonar por ser surpreendido por ela.
Nos últimos de seus dias, seu velho mestre que agora já se via um pedaço de homem, chegou-lhe e disse:
– Parabéns és um mestre!
O aprendiz sem entender pergunta:
-Mas como? Se o Senhor me disse que é impossível tal coisa, e que tudo o que eu havia visto não valia de nada.
– Meu filho, quando pedimos algo a Deus, com o coração e com sincera humildade ele nos agracia com sua verdade. Mas quando chegamos a ele com nosso orgulho e falsa razão, ao invés de dar-nos sua verdade,
Ele nos presenteia com uma nova chance de alcançar esta verdade por nós mesmos, de forma que no decorrer desta jornada, nos lapidemos para compreender esta verdade e aceitá-la como nossa.
Hoje, o que me diz da vida? Aprendes-te a apreciá-la sem julgar-se a cima dela, sem querer modificá-la ou devorar-lhe os segredos.
O que antes não conseguia se quer enxergar, hoje você viveu!
O aprendiz pensando responde;
– Agora eu entendo e sei qual era a grande verdade do Senhor.
– E qual era meu filho?
– Que quando pensamos ser senhores da verdade e da razão, não estamos próximos do que mais queremos, que é alcançar o saber que nos torne mais lúcidos, mas sim estamos nos distanciando de nosso intento.
É preciso humildade pra entender a vida, e principalmente para aprender com ela.
Nada está sob nosso poder, somos aprendizes, crianças que desejam aprender tudo sobre esse jardim gigantesco que é a obra do pai e o que ele tem a nos oferecer.
E por vezes nos achamos próximos de compreendê-lo em sua totalidade, quando na verdade estamos é deixando de lado o principal, que é aprender com a humildade, viver e fluir junto a vida que nos foi presenteada sem achar-nos conhecedores dela, mas abertos a habitá-la de forma sincera.”
– Henry Dean S. Reche –

o principal, que é aprender com a humildade, viver e fluir junto a vida que nos foi presenteada sem achar-nos conhecedores dela, mas abertos a habitá-la de forma sincera.”
– Henry Dean S. Reche –

Categorias: Autor Henry D. S. Reche | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Religiões em mutação

As religiões têm que se adaptar à mentalidade das pessoas do terceiro milênio. As ideias teológicas de hoje não podem mais ser as mesmas do passado, pois a evolução cultural torna superados os conceitos antigos de Deus, e mesmo porque alguns deles foram impostos a ferro e fogo, e não pelo bom senso, a lógica e a razão. Daí os conflitos e a separação que surgiram entre a ciência e as religiões. Os cientistas diziam que a ciência cuidava do estudo da matéria, e que as religiões e os teólogos cuidavam do espírito. Foi Kardec que deu o primeiro passo para acabar com essa divisão entre a ciência e as religiões. Cientista que era, interessou-se por estudar os fenômenos que envolvem espíritos, que, com exceção dos espíritas, são denominados errada e supersticiosamente de sobrenaturais.
 
O espiritismo prega uma imortalidade dinâmica dos espíritos que, exatamente por serem imortais, se comunicam conosco. Já o cristianismo tradicional, de mãos dadas com o materialismo, age como se enterrasse não só os corpos dos que morrem, mas também os seus espíritos, pois têm horror por esse assunto! Mas eles só saem do corpo que volta ao seu pó (Gêneses 3: 19; e Eclesiastes 12:7). A Bíblia e as outras escrituras sagradas ensinam a realidade da comunicação dos espíritos dos mortos com os vivos. E se Moisés, não Deus, em Deuteronômio capítulo 18, proíbe o contato com os espíritos dos mortos, é porque tal contato existe mesmo, ou Moisés era doido de proibir o que não existe? A sua proibição se deve ao fato de as pessoas do seu tempo, de um modo geral, não estarem preparadas para a prática da mediunidade, ou faziam comércio com ela. E o próprio espiritismo recomenda, hoje, que não se pratique a mediunidade sem um conhecimento profundo do assunto.
 
Mas Moisés até elogia os profetas (a partir de Kardec, se diz médiuns) Medade e Heldade, os quais estavam recebendo espíritos que profetizavam através deles (Números 11: 24 a 30). Diz a Bíblia (Eclesiástico 46: 20) que Samuel profetizou até depois de morto, ou seja, já desencarnado! E Jesus e os médiuns ostensivos ou especiais Pedro, João e Tiago receberam a comunicação de Elias e Moisés que tinham vivido, já havia séculos, aqui na Terra. São Paulo nos mostra também essa prática da mediunidade: “Ó Deus, Senhor da glória, enviai-nos um espírito de sabedoria” (Efésios 1: 17). Prezados leitores, confiram esse assunto, também, nos capítulos 12, 13 e 14 de 1 Coríntios.
Mas os padres e, mais tarde, os pastores, usurparam o lugar dos médiuns, endemoninhando-os, perseguindo-os, anatematizando-os, e até os condenando à morte. É que esses dirigentes religiosos queriam e querem ser os maiorais perante as suas comunidades!
As religiões, no terceiro milênio, estão em mutação, pois as pessoas de hoje, cada vez mais, querem, como se diz, o preto no branco. Elas querem constatar o que é mesmo a sua crença, interpretando-a bem, e não raro, passam a contestá-la e a adotar outras crenças mais racionais.
E assim é que, hoje, muitas pessoas não se contentam com uma só religião, o que, aliás, é até bom!
Categorias: Espíritas | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

Deus da morte para motoristas bêbados

Yama

A McCann Erickson de Nova Déli aproveitou que os indianos respeitam e temem seus deuses e colocou Yama, o deus da morte dos hindus, como garoto-propaganda do departamento de polícia para transmitir a tradicional mensagem “se beber, não dirija” na base do susto. Quando a pessoa bebia e pegava o carro na mão do manobrista do bar, Yama estava pronto para entregar a mensagem: “sua vez ainda não chegou. Beba e chame um motorista”. Veja como as pessoas reagiram.


Fonte: blogcitario.blog.br

Categorias: Publicidade e propaganda/Marketing | Tags: , , , | Deixe um comentário

Blog no WordPress.com.