Posts Marcados Com: espiritismo

Microcefalia na Visão Espírita

https://www.youtube.com/channel/UCFLYTtK1PGwJ7MIrwFp8cCQ

 

Anúncios
Categorias: Diversos, Espíritas | Tags: , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O que te imprime?

prece

– O que te imprime em cada coisa que tocas é o comprometimento
O que te evidencia perante a uma multidão é a segurança de quem tem domínio e entrega no que faz.
O que te dá a liderança não é ordem, mas tato.
O que te da poder não é nobreza em título, mas nobreza de ser.
O que faz com que as pessoa te confiem, não é palavra, mas cumprimento.
O que nos torna um rosto a ser visto, é humildade, entender que somos parte de um inteiro em que todas as peças tem o mesmo tamanho,
O que te da o poder de transformar é ouvir.
O que te torna promotor de mudanças, não é mudar a visão de quem quer seja, mas possibilitar escolhas.
E no fim o que te transforma, o que te molda, o que te resume, o que te assume. Tem de ser o melhor da tua própria natureza.
– Henry Dean S. Reche –

Categorias: Autor Henry D. S. Reche | Tags: , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

– E se eu lhe perguntasse, qual o teu pecado?

11eec-foto_pegadas_na_areia

 

… Então eu te diria que o meu pecado foi esperar errado.

Há uma forma certa de esperar, essa se dá quando sonhamos algo e agimos pra alcançar, mas por certo momento é preciso que nos reservemos por um instante e deixemos que nosso desejo e nossa ação aja em conjunto com a vida.

Mas eu não aprendi assim.
Eu fui ruim comigo mesmo,
Esperava, conjugando o verbo de maneira a não compreender de certo seu sentido.

Meu esperar a vida toda foi deixar… deixar a chance passar,
De julgar algo complicado demais, e enganar a mim mesmo achando que a vida teria a obrigação de ajeitar tudo.
Como se fosse mãe que recolhe e organiza os brinquedos do filho.
Então deixava… observava passar aquilo que eu tanto queria ter em minhas mãos,
Deixava passar o sonho de ser quem eu queria pra mim, deixei ir embora importantes partes da vida que eu sem saber, sonhava pra mim.

Eu era um mau telespectador, da minha própria trajetória.

Eu pequei por não saber esperar…


– E como se curou?


Eu sonhei mais, mas cansei de esperar, cansei de sentar, de não ser quem eu queria, de não dançar as conquistas e de não brindar o calor da emoção.

Então eu agi, muitas vezes com medo, receio e inseguro do que fazia, mas fiz assim mesmo.
Fiz mesmo sem saber se era certo fazer.

Aprendi a não sonhar somente com o coração, mas também com minhas escolhas e decisões.
Decidi por mim, por me achar, por me construir, por me conquistar.

 

E o senhor conseguiu?

 

Bem meu filho, se consegui ou não, não saberia te dizer, afinal ainda estou aqui.
Mas sei que agora eu sou quem sonho ser, continuo esperançando e me agarro a isso com todas as forças que eu ainda tenho,

Decido muitas vezes tendo como único conselheiro meu desejo.
E isso me faz sentir, me faz sorrir lá na alma…

Henry Dean S. Reche

“A vontade de Deus nunca te levará aonde sua graça não te proteja”.

Categorias: Autor Henry D. S. Reche, Diversos | Tags: , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Orações!

Novidade no canal Espiritualizando!
A primeira oração é São Francisco de Assis
Locução Daniela Ortiz

Categorias: Autora Daniela Ortiz | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vídeo novo no canal Espiritualizando!

Categorias: Espíritas | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Novo vídeo no canal Espiritualizando!

Categorias: Espíritas | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vídeo novo na canal Espiritualizando!

Inscreva-se: https://www.youtube.com/channel/UCFLYTtK1PGwJ7MIrwFp8cCQ

Categorias: Diversos | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Umbral

Vídeo novo no canal Espiritualizando!

 

 

Categorias: Espíritas | Tags: , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Segundo o Espiritismo, que é médium?

Vilma pergunta-nos se uma pessoa qualquer que não tenha nenhum conhecimento do Espiritismo pode ser médium.

A resposta é sim. A mediunidade não é propriedade dessa ou daquela religião e, portanto, pode haver médiuns em qualquer meio e em qualquer povo.

Moisés foi um médium poderoso, assim como Jeremias e mais tarde, na época do Cristo, João, o evangelista.

Maomé recebeu, em momentos de transe, as suratas que formam o Alcorão.

Em todos esses casos o mundo não conhecia ainda a Doutrina Espírita, que nos ensina que a faculdade mediúnica é inerente ao homem e, por isso, não constitui privilégio de ninguém em especial.

Segundo o Espiritismo, todo aquele que sente, num grau qualquer, a influência dos Espíritos é, por esse fato, médium, e raros são os indivíduos que disso não possuam alguns rudimentos.

Essa é a explicação por que certas pessoas que jamais viram ou ouviram Espíritos ao longo de uma existência, quando chegadas a certa idade puderam vê-los e mesmo ouvi-los, fato que também se dá nos casos de enfermidade prolongada que debilita o corpo físico e, com isso, favorece o desprendimento da alma.

Esclareça-se, no entanto, que para fins didáticos só chamamos de médiuns aqueles em que a faculdade mediúnica se mostra caracterizada e se traduz por efeitos patentes, de certa intensidade, o que depende de uma organização mais ou menos sensitiva.

Fonte: espiritismo-seculoxxi.blogspot.com.br

Categorias: Espíritas | Tags: , , | Deixe um comentário

Finados, sua origem e sua importância

A origem do dia de Finados nos leva ao ano de 998, há mais de 1.000 anos, quando o abade da Ordem dos Beneditinos em Cluny, França, instituiu em todos os mosteiros da Ordem naquele país a comemoração dos mortos no dia 2 de novembro, culto que a Santa Sé aplaudiu e oficializou para todo o Ocidente.

Como sabemos, é um dia especial para os católicos, dia em que é costume a ida aos cemitérios para uma reverência especial aos entes queridos que partiram.
Se existem pessoas que o observam somente para atender a uma tradição, há pessoas que, inequivocamente, dedicam esse dia a uma espécie de reencontro espiritual com seus amados.
E os chamados mortos? Eles se sensibilizam com tais lembranças? O Espiritismo afirma-nos que sim.
Ficam eles contentes e sensibilizados com a lembrança dos seus nomes. Se são pessoas felizes, essa lembrança aumenta ainda mais sua felicidade; se são infelizes, o fato constitui para eles um alívio.
No dia consagrado aos mortos, eles atendem ao apelo do pensamento dos que buscam orar sobre seus despojos, como em qualquer outro momento.
No dia de Finados os cemitérios ficam repletos de Espíritos, mais do que em outros dias, porque há evidentemente em tal ocasião um número maior de pessoas que os chamam.
É um erro, porém, pensar que é a multidão de curiosos que os atrai ao campo santo. Não. Cada um que ali comparece age assim por causa de seus amigos e não pela reunião dos indiferentes que, muitas vezes, visitam os cemitérios como maneira de passar o tempo.
Reportando-se ao dia de Finados, Charles Nodier (Espírito) explica que nessa data os Espíritos vão aos cemitérios porque os pensamentos e as preces dos seres amados ali se apresentam.
Nodier aproveita o ensejo para nos deixar – a nós que ainda estamos encarnados – uma lição preciosa: “Conforme a maneira por que tiverdes vivido aqui embaixo, sereis recebidos perante Deus. Que é a vida, afinal de contas? Uma curtíssima emigração do Espírito na Terra; tempo, entretanto, em que pode amontoar um tesouro de graças ou preparar-se para cruéis tormentos”. (Revista Espírita de 1860, pág. 408.)
Segundo o que aprendemos no Espiritismo, não é indispensável comparecer ao cemitério para homenagear o ente querido que partiu. A visita ao túmulo é um modo de manifestar que se pensa no Espírito ausente – serve de imagem –, mas é a prece que santifica o ato de lembrar, pouco importando o lugar, se ela é ditada pelo coração.
Isso significa que as pessoas impedidas de locomover-se, seja pelas condições de saúde, seja pela idade avançada, poderão enviar pelas ondas poderosas do pensamento o seu abraço, a sua vibração, o seu carinho aos entes queridos que voltaram à pátria espiritual antes de nós.
Categorias: Espíritas | Tags: , , | Deixe um comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.